Outubro, 2020

Seg12Out19:0022:00Aprender DemocraciaEscolas para o futuro19:00 - 22:00 Padaria do PovoTema:EducaçãoTipo:Filme,Oficina

Descrição

Como evocamos sociedades capazes de gerar abordagens e conversas que nos libertem do medo que temos em nos expressar? Como democratizamos a voz de tod@s, conferindo a cada um@ igualdade de expressão? Como evitamos armadilhas fatalistas, de desumanização e de falta de esperança que permeia tanto do discurso atual, sempre numa lógica do “eu” que sei e do “tu” que tens de aceitar docilmente, memorizar e repetir? Como recuperamos a necessária imaginação e consciência crítica contra a dominação e domesticação que permeiam as estruturas de poder? Evoca-se Paulo Freire (“Seria ingénuo esperar que as classes dominantes desenvolvam uma forma de educação que permitisse às classes dominadas entender as injustiças sociais de forma crítica”) para perguntar: “Que empoderamento, pessoal e coletivo, encontraríamos nessa libertação? E o que significaria isso para uma sociedade em transição?”

Esta experiência começa com a projeção do filme “School Circles” (https://vimeo.com/ondemand/schoolcircles), um documentário revelador sobre experimentações de gestão horizontal por crianças, pais e professores em escolas europeias. Utilizam-nas para gerir coletivamente a sua instituição de educação, expressando-se com a consciência da sua capacidade de questionar e desenhar a sua realidade diária. Inspirados por este exemplo, procurar-se-á romper o silêncio da audiência: um debate coletivo, recorrendo a práticas de ativação de inteligência coletiva, para experimentar com métodos alternativos de participação. Métodos onde todas as opiniões são válidas e necessárias para completar a visão holística de problemas complexos que na maioria das vezes nos aparecem como simplificadas e pré-digeridas, sem aparente necessidade de análise ou reflexão.

Filme

School Circles é um documentário independente que explora a prática de escolas democráticas na Holanda. O filme mostra alunos, professores e funcionários que se reunem para dialogar, discutir propostas, mediar conflitos e tomar decisões sobre sua vida escolar.
Essas escolas não só desafiam a educação regular, mas também a democracia como a conhecemos. O seu método de gestão interna abraças práticas de Sociocracia, um método de organização coletiva baseado em uma perspectiva sistêmica, em que as decisões são tomadas ouvindo todas as vozes e obtendo o consentimento de todos. School Circles conecta a teoria da sociocracia à sua prática nas escolas, levando-nos a novas possibilidades de organização de nós mesmos e de nossas comunidades.

Inscrições

A participação neste evento requer inscrições. A lotação máxima é de 25 pessoas!

(atualmente 12 inscritos de 25 vagas – ultima atualização 11.10)

Intervenientes

  • Ariana Helena Varela Furtado

    Ariana Helena Varela Furtado

    Professora do 1.º Ciclo e Coordenadora da Escola do Castelo, Lisboa, com formação em Português- Francês, variante ensino, pela Escola Superior de Educação de Setúbal e pela Universidade de Rennes II (França). Membro da Femafro e da Djass- associação de afrodescendentes. Co-autora do projeto de Educação Anti-Racista "Com a mala na mão contra a discriminação"

  • Bruna Alves e Rita Ferreira

    Bruna Alves e Rita Ferreira

    ComParte

    A Rita é uma das mais de 3000 Prós da Educação que inspiram a Educação e está no ComParte porque traz consigo a experiência por dentro da escola enquanto aluna e recomendações que vêm desse lugar. A Bruna faz parte da equipa do ComParte desde que este começou a ser sonhado e "chegar" ao conhecimento dos Prós é o que mais a move. O ComParte [Fundação Maria Rosa] é um projeto de envolvimento cívico e transformação social que conjetura um mundo em que os cidadãos colaboram no desenvolvimento das estruturas da sociedade de que fazem parte, partilhando o seu conhecimento e sugestões com entidades decisoras e profissionais. No ComParte & Educação as experiências e recomendações dos jovens (Prós) são peças chave para co-construção.

    ComParte

  • Maria Caldeira

    Maria Caldeira

    Diretora do Grupo de Escolas no Alto do Lumiar, tem em mãos vários projetos internacionais e nacionais de promoção de competências emocionais / sociais. É também Mentora / promotora dos Dias Internacionais de Pensamento Emocional, e Presidente da Associação Internacional para a aprendizagem social e emocional ao longo da vida - Be Emocional. Entende a Educação Emocional como uma das ferramentas fundamentais para a formação de jovens no futuro próximo, pois seus alicerces serão a chave para um Mundo em constante mudança, que precisa de constante adaptação a novos contextos. Acredita que a promoção da criatividade, da comunicação, da colaboração, do estímulo ao pensamento crítico e do reconhecimento e compreensão das emoções, será fundamental para o reconhecimento e construção da identidade de cada um na descoberta do "eu sou" e consequentemente da forma como me relaciono com os outros, e me capacito para enfrentar os desafios de um novo paradigma.

  • Paula Cardoso

    Paula Cardoso

    Gestora de projeto do DeliberaEscola, é formada em Relações Internacionais e em Jornalismo, e possui várias formações em empreendedorismo social, que tem utilizado para criar projetos promotores de mudança. Como a Força Africana https://fafricana.pt/ e o Afrolink https://afrolink.pt/.

Padaria do PovoRua Luis Derouet, 20-A 1º

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

X
X
X