Outubro, 2020

Qui15Out18:0019:00Evento finalizadoCentral de produção fotovoltaica CAO Júlia MoreiraVisita guiada18:00 - 19:00 Centro de Atividades Ocupacional Júlia MoreiraTemas:Autossuficiência,CooperativismoTipo:Visita guiada

Descrição

A Coopérnico convida a visitar a central fotovoltaica do Centro de Atividades Ocupacional Júlia Moreira.

Parte do grande telhado ao nível do 6º piso foi coberto com painéis fotovoltaicos que contam com uma orientação quase perfeita para sul. O sistema, que entrou em funcionamento em fevereiro de 2014, corresponde a um investimento de 33 mil euros, para uma potência instalada de 30 kW, com uma produção anual de 39 150 kWh que evita a emissão de 25,1 ton CO2/Ano.

O Centro de Atividades Ocupacionais atende pessoas adultas com deficiência intelectual severa/profunda e com mobilidade reduzida, apostando em atividades de cariz terapêutico e sensorial, onde se privilegiam o bem-estar físico e emocional. Mais informações aqui.

Inscrições

Entre as 17h e 19h haverá 4 visitas à central com uma duração de 30 min cada, com uma lotação máxima de 15 pessoas por visita. Para participar, inscreva-se utilizando o respetivo campo disponibilizado mais abaixo, indicando no formulário para qual das 4 visitas se está a inscrever.

Inscrição

Inscrições fechadas

Inscreve-te para poderes participar neste evento

Não consegues participar?Cancela a tua inscrição

Organizações participantes

Coopérnico - Cooperativa de Desenvolvimento Sustentável CRLA fazer 9 anos de existência, a Coopérnico, a primeira cooperativa de energias renováveis portuguesa, tem hoje 2490 membros, 2 MW de produção fotovoltaica descentralizada, com 1,86 M€ de investimento exclusivo dos cidadãos nossos cooperantes, e 767 contratos de fornecimento de energia elétrica. A visão da Coopérnico passa por uma sociedade mais igualitária, democrática, guiada por princípios ecológicos e com uma economia assente em energia renovável. Nesta visão, a transição para um novo sistema de energia renovável não deve ser só tecnológica, mas também socialmente mais justa, tornando a energia limpa um bem comum acessível a todos, respeitando as características do território, protegendo a biodiversidade e o meio natural e garantindo valor social e económico para as comunidades envolvidas. Os desafios da transição energética são enormes e tornaram-se gigantes face ao novo contexto geo-político europeu. Acreditamos que as comunidades de energia e, em particular as cooperativas de energia renovável, têm um papel importante nesta transição e na resolução desta crise, como já tiveram noutros momentos, entre os quais no fim de cada uma das Guerras Mundiais e da Crise Petrolífera de 1970. É neste contexto e nesta vontade de participar ativamente na transição energética renovável e justa que pretendemos levar ao cidadão comum estes temas e envolvê-lo na produção e gestão da sua própria energia 

Hora

(Quinta) 18:00 - 19:00

Localização

Centro de Atividades Ocupacional Júlia Moreira

R. Dr. João Soares 2A, 1600-060 Lisboa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

X
X
X