Outubro, 2021

Sex01Out21:0023:00Evento finalizadoPresencial & onlineOnlineConversa sobre "Como trazer o local para o local?"Pontos de entrega CSA e outros de proximidade.21:00 - 23:00 Centro Comunitário de Linda-a-Velha (CLAV)Temas:Agricultura biológica,Bem Estar,Cidadania,Comércio justo,Comunidade,Decrescimento,EcologiaTipo:Debate / Conversa

Descrição

Com convidados dos projetos de proximidade, transmitir a nossa experiência, sucessos e desafios, na criação de pontos de entrega de produtos de proximidade. CSA Freixo do Meio, Prove e outros.

Inscrições para evento:

Evento presencial- Inscrições através da secção “INSCRIÇÃO” disponível mais abaixo, clicando no “PARTICIPAR”

Evento online- Não é necessário inscrição, basta ir à secção “EVENTO ONLINE”, disponível mais abaixo e clicar “Iniciar sessão” na hora do evento.

Inscrição

Inscrições fechadas

Inscreve-te para poderes participar neste evento

Não consegues participar?Cancela a tua inscrição

Evento online

Evento terminou!

Intervenientes

  • Carmen Duarte

    Carmen Duarte

    Com 47 anos, viveu em Alenquer, Lisboa e desde 1999 em Linda a Velha. Socióloga de formação, trabalhou com a Comunidade Surda durante 10 anos, mas estudou e trabalhou também em Macrobiótica, Permacultura e Alimentação Biológica e Sustentável, Apoio Parental, Psicoenergética, Educação para a Morte, Consciência Sistémica e Constelações Familiares. Tem especial interesse em movimentos sociais e comunitários, sendo membro pioneiro da Iniciativa de Transição desde 2010, colaboradora do Centro Comunitário de Linda a Velha desde 2012 e dinamiza Encontros de Malhação, onde promove troca de saberes, partilha de necessidades e amorosidade entre vizinhos.

  • Fernando Oliveira

    Fernando Oliveira

    Com 52 anos, nascido em Moçambique (Maputo), está em Portugal desde 1973. Pouco motivado pelos estudos, a sua juventude/adolescência foi o marcada pelo ativismo ambiental, participando em protestos anti energia nuclear, o foco na altura. Demorou, mas socializou-se e acabou por terminar o 12ºano de escolaridade no ensino técnico profissional, em desenho de construções mecânicas, entrando no mercado de trabalho no setor da construção. Há 30 anos nesse sector, na área de projeto e coordenação/integração de especialidades, utiliza as suas competências sociais para colocar os vários intervenientes no processo a trabalhar para um objetivo comum, a obra. Nos últimos 14 anos, aplica na intervenção comunitária as mesmas competências, tendo adquirido ferramentas sociais através da participação em formações como permacultura, introdução à Transição, Transition Thrive, Transição Interior, Sircle, entre outras, que lhe permitem atuar em diferentes cenários. Neste percurso participou na criação e implementação do Banco de Voluntariado de Linda-a-Velha e loja solidária, 10 anos de trabalho a nível local e nacional no movimento Cidades em Transição, implementação e gestão do Centro Comunitário de Linda-a-Velha no apoio a criação de projetos sociais de impacto local, aplicando o design em permacultura na intervenção em projetos locais. Na atualidade integra também outras redes, como a rede portuguesa para o decrescimento, Neigborhood comunity network, rede portuguesa de economia solidária. No terceiro sector está envolvido no setor cooperativo através da cooperativa Coopérnico, a Casa Justa, a Socialcoop e a Associação Entretodos Aos 50 anos, iniciou uma licenciatura em Ciências Sociais a qual frequenta neste momento o terceiro ano.

Organizações promotoras

CCLAV – CENTRO COMUNITÁRIO DE LINDA-A-VELHA

Fique em casa connosco” Nesta época de recolhimento, o CCLAV depara-se com duas grandes preocupações. Uma, a de manter as pessoas ligadas às atividades que sempre consideraram uma mais valia para as suas vidas e outra, como manter os profissionais que trabalham connosco com algum rendimento garantindo a continuidade desses projetos num futuro próximo.

 

http://www.cclav.org/ 

 

Medidas de contingência

Uso obrigatório de máscara
Distancia física obrigatória
Indicações adicionais Estão em vigor as normas de contingência da DGS, na vertente presencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

X
X
X