Outubro, 2021

Seg04Out19:0021:00Evento finalizadoPresencial & onlineDestaqueOnlineConversas Umundu - "Justiça Social e Ambiental"19:00 - 21:00 Auditório BM Orlando RibeiroTema:Crise Ambiental,Crise Económica,Justiça climáticaTipo:Debate / Conversa,Palestra

Descrição

Nas Conversas Umundu vamos falar com académicos, ativistas e profissionais da área, num espaço aberto que convida à participação.

O evento “Justiça Social e Ambiental” foca no atual modelo de desenvolvimento das sociedades do Norte global que assenta no crescimento económico exponencial e tem vindo a aumentar o fosso entre os mais pobres e os mais ricos, tanto dentro das próprias sociedades como entre países. Em 2020, um grupo de pouco mais de 2000 super-ricos dispunha de tanta riqueza como 60% da população mais pobre quando apenas 1% da população mundial causa o dobro da emissão de CO2 dos 50% mais pobres, sendo assim responsável por uma parte largamente desproporcional do aquecimento global. No entanto, são os mais pobre e os países do Sul global que mais sofrem com as alterações climáticas em curso, tanto pelas secas extremas como pelas inundações derivadas por chuvas torrenciais. Ao mesmo tempo, o extrativismo de matérias primas essenciais para o fabrico dos equipamentos do “mundo moderno” ou a importação e produção de alimentos deteriora de forma catastrófica os ecossistemas do Sul global e destrói os meios de subsistência e o modo de vida dos povos indígenas.

Assim, coloca-se a questão como podemos, enquanto cidadãos contribuir para a transformação necessária? E como podemos criar formas alternativas de viver, apoiadas na participação democrática e na comunidade, para promover mais justiça social e ambiental, aprofundando valores como o direito ao cuidado, a solidariedade, a autonomia e a liberdade?

Participantes

Nota: Inscrições obrigatórias para o evento presencial. A participação no evento online não requer inscrições.

Inscrição

Inscrições fechadas

Inscreve-te para poderes participar neste evento

Não consegues participar?Cancela a tua inscrição

Evento online

Evento terminou!

Intervenientes

  • Diogo Martins

    Diogo Martins

    Greve Climática estudantil

    Sou o Diogo Martins, vivo em Albufeira, mas sou natural de Alte. A causa climática sempre me interessou desde novo e cada vez fui ganhando mais consciência sobre as verdadeiras causas e dimensões da crise climática. Tenho orgulho em fazer ativismo na Greve Climática Estudantil porque estou consciente de que não há planeta b e é preciso agir agora e coletivamente.

    Greve Climática estudantil

  • Hans Eickhoff

    Hans Eickhoff

    Moderador

    Hans Eickhoff. Médico e ativista. Vive em Portugal desde 1990. Pai de 3 filhos entre 4 e 25 anos. Doutorado em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Membro da Rede para o Decrescimento, da campanha ATERRA e do movimento Stay Grounded. Co-fundador do Coletivo X.

    Moderador

  • Laura Cunha Tschampel

    Laura Cunha Tschampel

    Juntos pelo Sudoeste

    Activista no movimentomovimento de cidadãos preocupados com a situação que se vive no sudoeste alentejano.

    Juntos pelo Sudoeste

  • Rafael Calado

    Rafael Calado

    UrbanA

    Arquiteto. Coordenador da Programação do FabLab Lisboa (laboratório de prototipagem digital) e do BioLab Lisboa (laboratório de ciência cidadã) Fellow na Urban Arenas for Sustainable and Just Cities, Co-Fundador e coordenador do Repair Café Lisboa, Mentor do projeto Reviravolta - Centro de Economia Circular, associado do European Creative Hubs Network.

    UrbanA

  • Yann Roubiou du Pont

    Yann Roubiou du Pont

    Climate Analytics

    Yann é um investigador da quantificação da justiça e ambição climáticas, procurando harmonizar abordagens de equidade entre escalas, atores e disciplinas. Na Climate Analytics, ele informa casos de litígio e delegações de países sobre a ambição das promessas climáticas e sobre contribuições nacionais justas para alcançar o Acordo de Paris. A nível regional, está a trabalhar no alargamento do conceito de equidade para definir percursos de emissões alinhados com o Acordo de Paris a nível de cidades. Após diversos trabalhos em investigação polar, hidrologia, cosmologia e oceanografia, Yann obteve o seu doutoramento na Universidade de Melbourne, quantificando as trajetórias de emissões para os países se alinharem com o Acordo de Paris. Este trabalho informou diretamente as metas de emissões dos governos, as equipas diplomáticas para as negociações climáticas, e ainda o litígio contra países e empresas.

    Climate Analytics

Organizações promotoras

Medidas de contingência

Uso obrigatório de máscara
Distancia física obrigatória
Indicações adicionais Estão em vigor as normas de contingência da DGS, na vertente presencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

X
X
X