Outubro, 2022

Dom16Out18:3020:00Presencial & onlineDebate Um barco chamado Cooperação a caminho de um bom porto18:30 - 20:00 Fábrica de AlternativasTemas:Cidadania,Cooperativismo,Economia circularTipo:Debate / Conversa,Palestra

Descrição

O associativismo e o cooperativismo no setor da Economia Social desenvolvidos por organizações muito diversas e com finalidades muito distintas, apresentam aos seus órgãos sociais grandes desafios que não sendo devidamente tratados e ultrapassados podem provocar o envisiamento dos objetivos a que a organização se propôs.
Com esta iniciativa pretendemos debater com organizações representativas deste setor, soluções que as mesmas têm identificado ao longo da sua atividade para fomentar a cooperação.

Intervenientes

  • Gabriel Ludovice Simões

    Gabriel Ludovice Simões

    A paixão do Gabriel Ludovice Simões no momento é sentir-se co-guardião de um terreno com todos os elementos que o compõem, procurando recriá-lo em sintonia, correspondendo ao apelo que sente em contribuir para a perpetuação da VIDA, através da Regeneração dos sistemas vivos no Planeta. O Gabriel viveu grande parte da sua vida profissional no ambiente corporativo multinacional, mas a vontade de conhecer os meandros da vida, fá-lo apreciá-la no seu meio natural, mão na terra, em contato com todos os elementos que compõem o meio natural. Na Bambual Editora Portugal quer continuar a contribuir para a perpetuação da VIDA de modo regenerativo, procurando polinizar pessoas e fertilizando comunidades, agora também através dos livros. Sente que eles são parte integrante de rios que entrelaçam culturas e levam o conhecimento do mundo aos Oceanos da Vida. É nesta dimensão que escolhe estar no presente – servindo as pessoas, práticas, comunidades, escolas, regiões, … – dando voz ao que precisa de ser Escutado através da leitura.

Organizações participantes

Bambual Editora Portugal, Lda.Oferta do livro "Design de Culturas Regenerativas" com 30% de desconto sobre o preço de capa. Oferta de 10% de desconto nos livros "Esperança Ativa" e "Pedagogia da Cooperação".

Coopérnico - Cooperativa de Desenvolvimento Sustentável CRLA fazer 9 anos de existência, a Coopérnico, a primeira cooperativa de energias renováveis portuguesa, tem hoje 2490 membros, 2 MW de produção fotovoltaica descentralizada, com 1,86 M€ de investimento exclusivo dos cidadãos nossos cooperantes, e 767 contratos de fornecimento de energia elétrica. A visão da Coopérnico passa por uma sociedade mais igualitária, democrática, guiada por princípios ecológicos e com uma economia assente em energia renovável. Nesta visão, a transição para um novo sistema de energia renovável não deve ser só tecnológica, mas também socialmente mais justa, tornando a energia limpa um bem comum acessível a todos, respeitando as características do território, protegendo a biodiversidade e o meio natural e garantindo valor social e económico para as comunidades envolvidas. Os desafios da transição energética são enormes e tornaram-se gigantes face ao novo contexto geo-político europeu. Acreditamos que as comunidades de energia e, em particular as cooperativas de energia renovável, têm um papel importante nesta transição e na resolução desta crise, como já tiveram noutros momentos, entre os quais no fim de cada uma das Guerras Mundiais e da Crise Petrolífera de 1970. É neste contexto e nesta vontade de participar ativamente na transição energética renovável e justa que pretendemos levar ao cidadão comum estes temas e envolvê-lo na produção e gestão da sua própria energia 

Fábrica de AlternativasNa Fábrica de Alternativas promove-se a partilha e a solidariedade. Funciona nas vertentes culturais, sociais e formativas. Nascida da cidadania e da livre vontade em contribuir para ajudar na criação de soluções e alternativas, pretende ser livre e aberta, onde todos os associados estão convidados a participar. É apartidária. Defende a liberdade e a pluralidade de opiniões e utiliza a democracia directa e a busca do consenso na tomada de decisões. Promove e pratica a sustentabilidade social, económica e ambiental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

X
X
X