Outubro, 2021

Dom03Out17:0019:30Evento finalizadoExibição do filme Tarja Branca e roda de conversa17:00 - 19:30 B.O.T.A. - Base Organizada da Toca das ArtesTemas:Comunidade,Educação,RecursosTipo:Debate / Conversa,Filme

Descrição

Quando falamos do Brincar, não é só de um fenómeno das infâncias que tratamos, e sim de algo que organiza e nos torna verdadeiramente humanos. Pelas brincadeiras infantis construímos e absorvemos culturas, experenciamos dimensões sociais e afetivas, aprendemos e partilhamos conhecimentos. Reinventar a forma que estamos vivendo e nos relacionando, entre nós e com meio ambiente, é urgente. O que nos mantém em pé, nos sustenta, não é a economia financeira, e sim uma compaixão criativa e livre, aquela que vivenciamos nas nossas brincadeiras de criança.

O documentário Tarja Branca mostra este brincar que é urgente, porquê a revolução que falta é a das crianças!

Após a exibição haverá uma Roda de Conversa inspirada por este imaginário infantil, com a participação virtual do diretor do filme Cacau Rhoden.

É hora de confiar, e resgatar este fio poético de nossas infâncias, e se lançar, como um papagaio (pipa) que lança voo e sobe alto, sustentado por uma linha fina, segurada pelas mãos curiosas de uma criança.

Tarja Branca | 1h 20min | 2013
de Cacau Rhoden

A partir dos depoimentos de adultos de gerações, origens e profissões diferentes, o documentário discorre sobre a pluralidade do ato de brincar, e como o homem pode se relacionar com a criança que mora dentro dele. Por meio de reflexões, o filme mostra as diferentes formas de como a brincadeira, acção tão primordial à natureza humana, pode estar interligada com o comportamento do homem contemporâneo e seu “espírito lúdico”.

Inscrição

Inscrições fechadas

Inscreve-te para poderes participar neste evento

Não consegues participar?Cancela a tua inscrição

Intervenientes

  • Beatriz Fortes

    Beatriz Fortes

    Mediadora

    Mãe, artista, doula no pós parto e educadora parental. Iniciou seu percurso nas Artes Cénicas concluindo o bacharelado pela Unespar, e especialização em Infância, Educação e Desenvolvimento Social pelo Instituto Singularidades. Como arte educadora facilitou por mais de 4 anos formações para professores da educação infantil no Brasil na temática do Brincar, como pesquisadora das brincadeiras, cantigas e acalantos, além de investigadora das corporeidades, sonoridades e plasticidades nas infâncias. Tem se dedicado a estudar o desenvolvimento dos bebés com inspiração na Abordagem Pikler e na Pedagogia Waldorf, com principal interesse na relação do Brincar, do Movimento Livre e dos Cuidados de Qualidade nos 0 aos 3 anos, além da conexão criança e natureza, e o vínculo Mãe&Bebé. Atualmente está em formação no curso de Psicoterapia Somática pela CPSB, em Portugal.

    Mediadora

  • Cacau Rhoden

    Cacau Rhoden

    Convidado

    É cineasta e diretor parceiro da Maria Farinha Filmes desde 2012. Entre seus últimos filmes, dirigiu o longa "Tarja Branca", premiado como melhor documentário no Festival de Toronto; o longa "Nunca me Sonharam", premiado como Melhor documentário no festival de Los Angeles e exibido na sede da ONU em NY; e a série "Corações & Mentes - escolas que transformam" para o canal GNT. FILMOGRAFIA (Como diretor) 1994 - A Cega - 16mm - ficção - Curta metragem 2001 - Infinitamente Maio - 35mm - ficção - Curta Metragem co-dirigido por Marcos Jorge (O filme ganhou inúmeros prémios em varias categorias em festivais nacionais e internacionais) 2005 - Meninos de Areia - 16mm - ficção - Curta Metragem 2005 - Gotas - 16mm - ficção - Curta Metragem 2014 - Tarja Branca - Longa metragem - documentário (Melhor documentário no festival de Toronto 2015 - Who? walls and bridges - curta metragem - documentário 2017 - NUNCA ME SONHARAM - Longa Metragem - documentário. (Melhor documentário no festival de Los Angeles, além disso o filme já foi exibido em 2 sessões, em ocasiões diferentes na sede da ONU em NY em congressos que tinham a educação como tema) 2018 - CORAÇÕES E MENTES - Escolas que transformam. - Série documental. GNT

    Convidado

  • Fádhia Salomão

    Fádhia Salomão

    Mediadora

    É realizadora e roteirista brasileira. Licenciada em Imagem e Som pela UFSCar. Atualmente faz especialização em Dramaturgia e Realização na ESTC, em Portugal. Após anos a actuar em equipas de cinema como anotadora e assistente de realização, ao lado de respeitados realizadores, guionistas e montadores, sentiu a necessidade de encontrar uma maneira própria de expressar-se. Dentre seus trabalhos, destaca-se o documentário Clandestinas, sobre mulheres que interromperam a gravidez no Brasil, país onde a prática é proibida na maioria dos casos. Um de seus filmes mais recentes é a animação Claudete e o Bolo, cujo tema é a sobrecarga de trabalho feminino. A animação recebeu os prémios de Melhor Animação no Festival Diógenes 2020, na Geórgia e Melhor Roteiro da Mostra Brasil de Curta Metragem, no Festival de Cinema de Caruaru, também em 2020. Claudete e o Bolo esteve entre os finalistas do Festival comKids – Prix Jeunesse Iberoamericano 2021.

    Mediadora

Medidas de contingência

Uso obrigatório de máscara
Distancia física obrigatória
Indicações adicionais Estão em vigor as normas de contingência da DGS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

X
X
X