Outubro, 2021

Sab02Out14:0016:00Evento finalizadoPresencial & onlineOnlineLaboratório de Permacultura14:00 - 16:00 Quinta dos 7 nomesTemas:Agricultura biológica,Cooperativismo,Desperdício alimentar,PermaculturaTipo:Oficina,Visita guiada

Descrição

Vamos visitar uma quinta convertida para Permacultura em 2008 e observar que efeitos a médio prazo este sistema tem no espaço: horta, pomar, pontos de água, bioconstrução e animais.

Vamos aprender a construir um pequeno kit de iniciação à vermicompostagem caseira, para converter os textos orgânicos da cozinha em composto.

Divisão:
14h00-15h00- Visita à quinta – Isabel Castanheira
15h15-16h00 – Vermocompostor – Joana Ramalho

Inscrições para evento:

Evento presencial- Inscrições através da secção “INSCRIÇÃO” disponível abaixo, clicando no “PARTICIPAR”.

Evento online- Não é necessário inscrição, basta ir à secção “EVENTO ONLINE” e clicar “INICIAR SESSÃO”.

Inscrição

Inscrições fechadas

Inscreve-te para poderes participar neste evento

Não consegues participar?Cancela a tua inscrição

Evento online

Evento terminou!

Intervenientes

  • Isabel Castanheira

    Isabel Castanheira

    Professora de filosofia, agricultora, fundadora da Quinta dos 7 Nomes, coordenadora do Curso de Horta em Permacultura.

  • Joana Ramalho

    Joana Ramalho

    Trabalha na área da comunicação e imagem da Quinta dos 7 Nomes, mas foi com a organização de visitas de estudo e atividades para crianças que aprendeu a simplificar processos e a tornar a Permacultura acessível a todos.

Organizações promotoras

QUINTA DOS 7 NOMES

​A Quinta dos 7 Nomes foi fundada em novembro de 2007, por um núcleo de 7 pessoas, e um grupo alargado de 50 sócios fundadores, e hoje conta com mais de 600 sócios. Nasceu de um sonho e de uma necessidade: ligar a comunidade local de consumidores aos produtores locais. A nossa filosofia assenta em princípios práticos que pretendemos trazer cada vez mais à prática: – fomentar a produção de hortícolas e fruta biológicos a nível local; – consumir de época, local e a granel; – alertar para a importância de um consumo mais sustentável com o menor impacto possível para o ambiente; – promover ações de formação na área da sustentabilidade, na tentativa de tornar a comunidade cada vez mais resiliente; – apoiar a produção para a auto-suficiência, quer na horta, com os talhões, quer na loja, com a venda de produtos caseiros e artesanais; – trabalhar a favor da redução de preços nos produtos biológicos, praticando preços políticos sempre que possível; – criar espaços de partilha onde as famílias possam interagir, integrando todos os membros, dos netos aos avós. E todos são bem-vindos!

quinta7nomes@gmail.com

Medidas de contingência

Uso obrigatório de máscara
Distancia física obrigatória
Evento ao ar livre
Indicações adicionais Estão em vigor as normas de contingência da DGS, na vertente presencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

X
X
X