Outubro, 2020

Sab10Out(Out 10)11:00Sab17(Out 17)21:00Exposição: Nacuré da terraA arquitectura como expressão e suporte material de culturas e comunidades11:00 - 21:00 (17) Livraria Ler DevagarTema:Ambiente,ArquiteturaTipo:Exposição

Descrição

No idioma tupi-guarani “nacuré” significa “coração”. Propõe-se a construção de um elemento com materiais e técnicas sustentáveis, neste caso com canas e terra, em estreita ligação com as técnicas de construção ancestrais, a sua evolução e relação com o conhecimento de povos originários em desaparecimento no mundo. Paralelamente a esta instalação de terra e canas, serão projectadas imagens de comunidades na Amazónia, da fotógrafa Pamella Herpio. Assim, procura-se questionar o momento que vivemos do Antropoceno mas apresentar soluções práticas construtivas que podem existir para construir cidades mais sustentáveis, mais inclusivas e em equilíbrio com o ambiente. a Amazónia é o centro de um saber ecológico e holístico ancestral e a exposição na livraria durante o Festival Umundu LX toma momentaneamente esse papel simbólico de coração da terra.

Horário
A exposição estará disponível na semana do Festival, de acordo com o horário da livraria Ler Devagar.

Intervenientes

  • Alina Jerónimo

    Alina Jerónimo

    Alina Jerónimo nasceu em Lisboa. Neta de um produtor de tijolos artesanais, cedo desenvolveu o contacto com a arquitectura vernacular.Concluiu os estudos em arquitectura na Universidade Lusíada.Viveu vários anos em Barcelona, uma cidade com um ambiente vibrante na arte, design e arquitetura e uma activa participação cívica. Aí colaborou com diferentes estúdios de arquitectura e projetos de diferentes escalas, como Ramon Sanabria, Arturo Frediani, Josep Mias e AldayJover.Durante esse período, cresceu incondicionalmente o seu interesse pela arquitetura sustentável. Adquiriu um grau de post-master e especialização em construção de terra e desenvolvimento sustentável pelo Instituto CRAterre em França.Com Paulo Carneiro e Architecture for Humanity, desenhou o centro comunitário para 3.000 crianças na cidade de Manica em Moçambique, premiado pelo American Institute of Architects SF e pela SEED Awards “Social Economic Environment Design for Excellence in Public Interest Design”.

  • Paulo Carneiro

    Paulo Carneiro

    Paulo Carneiro nasceu em Barcelos, uma pequena cidade de construções em granito que começou na idade média e conhecida desde então pelo artesanato de barro e atualmente pela música independente.Concluiu os estudos em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto e durante este período iniciou o interesse pelos arquitetos que seguiam uma conexão com o meio ambiente e a natureza.Viveu vários anos em Barcelona, cidade onde o desenho ocupa uma posição central na sociedade. Trabalhou com os estúdios de arquitetura EMBT, Ramón Sanabria e Alfredo Arribas.Começou uma pesquisa sobre materiais naturais, o que o levou ao Instituto CRAterre, desenvolvendo depois em autoria com Alina Jerónimo e a colaboração de Architecture for Humanity, o projecto para o Centro Comunitário de Manica em Moçambique, com tecnologias de construção sustentáveis, tendo como beneficiários 3.000 crianças.Este lugar não apenas contribui para a construção de um sonho para a comunidade local, como foi igualmente o início da ideia do CAS Studio.

Organizações

CAS Studio – Colectivo de Arquitectura Sustentávelomos o CAS Studio, fundado por Alina Jerónimo e Paulo Carneiro. Fascinados pelas inúmeras maneiras como os edifícios se podem relacionar com o contexto, fundámos o nosso estúdio multidisciplinar a partir da nossa paixão combinada de arquitectura sustentável e atenção e cuidado com a qualidade dos detalhes. Acreditamos que, ao criar estruturas saudáveis e respiráveis a partir de materiais não tóxicos, podemos evocar emoções positivas. Em última análise, usamos a nossa arquitectura para criar conexões reais e intuitivas entre pessoas, comunidades e o meio ambiente. info@cast-at.com

Hora

10 (Sábado) 11:00 - 17 (Sábado) 21:00

Localização

Livraria Ler Devagar

R. Rodrigues de Faria 103 - G 0.3, 1300-501 Lisboa

Livraria Ler DevagarR. Rodrigues de Faria 103 - G 0.3, 1300-501 Lisboa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

X
X
X