Outubro, 2021

Sab02Out10:0016:00Evento finalizadoApresentação e Oficina de Restauro das Courelas de Guadalupe10:00 - 16:00 Mercado de Vila de FradesTemas:Agrofloresta,Alterções climáticas,Cidadania,ReflorestaçãoTipo:Debate / Conversa,Oficina,Visita guiada

Descrição

Apresentação presencial das técnicas de restauro implementadas nas Courelas de Guadalupe e Carrascosa e workshop de instalação de vala de retenção

No período da manhã, faremos uma visita interpretada às Courelas de Guadalupe e Carrascosa, no sentido de apresentar as atividades de restauro ecológico em curso, bem como as soluções baseadas na natureza adotadas para promover a retenção de água, no sentido de assegurar uma maior adaptação climática. Neste contexto, após introdução aos objetivos gerais do projeto e histórico das intervenções, percorreremos, na propriedade, um conjunto de áreas e pontos de maior relevo, sobre as quais disponibilizaremos informação mais detalhada, havendo lugar a perguntas/respostas em cada ponto, conforme interesse dos participantes.

No período da tarde, após um picnic no local, procederemos à dinamização de um workshop prático de construção/instalação de mais uma vala de retenção (swale) destinada a captar, reter e infiltrar água da chuva, no âmbito da qual os participantes poderão ativamente contribuir para mais este elemento de restauro.

Inscrição

Inscrições fechadas

Inscreve-te para poderes participar neste evento

Não consegues participar?Cancela a tua inscrição

Intervenientes

  • Luis Jordão

    Luis Jordão

    49 anos, dois filhos. Ao longo da vida já plantou, e ajudou a erradicar, centenas de árvores (nativas e invasoras). Autor de dois contos infantis sobre conservação da natureza, recomendados pela “Casa da Leitura”/ Gulbenkian. Co-autor de guias de campo e manuais técnicos de apoio à gestão de habitats e valorização gastronómica de variedades agrícolas locais e flora silvestre com valor alimentar. Licenciou-se em Engenharia do Ambiente em 1994, na Universidade Nova de Lisboa, a que se seguiram pós-graduações em Modelação Ecológica (Universidade de Bergen) e Biologia da Conservação (Universidade de Évora). Começou por trabalhar em investigação (gestão ambiental, economia ecológica e simulação/modelação dinâmica espacial), optando depois por trabalho prático e com maior ligação a resultados de terreno. Trabalhou então 8 anos na Câmara Municipal de Montemor-o-Novo onde desenhou, candidatou e geriu diversos projetos, financiados através do programa LIFE e outros instrumentos comunitários, envolvendo a adaptação ambiental de suiniculturas intensivas, a gestão ativa e participada de áreas da Rede Natura 2000, a instalação e dinamização de percursos pedestres e espaços de interpretação dirigidos ao ecoturismo, entre outros. Em 2006 constitui a empresa Desafio das Letras dedicada a edições, conteúdos, consultoria e serviços de animação/voluntariado, tendo por alvo contribuir mais diretamente para a conservação/valorização da biodiversidade e o desenvolvimento rural. Entre outras, as atividades da empresa são galardoadas com prémios atribuídos pela ANJE (ÉvoraInova, 2006, coleção de livros infantis), Universidade de Coimbra (ArriscaC, 2010, ecovasos de borras de café), Associação Portuguesa dos Nutricionistas (Nutrition Awards, programa experience.NATUREcooking) e Fundação EDP (EDP Solidária, programa experience.NATUREwalking). Desde 2010, a empresa tem concentrado a sua atividade de consultoria na elaboração de projetos para financiamento nas áreas de conservação da natureza e biodiversidade, em especial através do programa LIFE+, nos quais a inclusão de atividades de voluntariado, com os mais diversos públicos (reclusos, utentes de IPSS, jovens, turistas, …), tem sido um elemento essencial. Neste âmbito, destaca-se o conceito de #impactCAMPS, numa lógica que conjuga turismo e voluntariado, que teve início em 2017, com uma primeira edição nos Açores, e que via ser retomada a partir de 2021 para a ilha de Santa Maria. Enquanto parte da sua missão e compromissos de responsabilidade social, a empresa tem também dinamizado programas e atividades próprias de voluntariado e turismo de impacto, com as quais procura atingir objetivos específicos de conservação, em áreas nas quais é necessário o restauro. Nesse contexto, tem também em curso um projeto próprio de restauro e conservação , nas Courelas de Guadalupe (Vila de Frades), no âmbito do qual dinamiza atividades mensais de voluntariado em colaboração com ONGA's como a Plantar uma Árvore, voluntários do Corpo Europeu de Solidariedade, e público em geral.

Organizações promotoras

DESAFIO DAS LETRAS UNIPESSOAL LDA

A Desafio das Letras (DDL) iniciou a sua atividade tendo por áreas de atuação a produção de conteúdos, materiais e serviços, bem como a conceção e dinamização de projetos, nas áreas da conservação da natureza, turismo de natureza e da sensibilização ambiental. Em conjugação com as atividades atrás referidas, e tendo por objetivo auxiliar clientes a angariar meios complementares para concretização de novos projetos, a DDL disponibiliza ainda serviços de consultoria técnica especializada na área da angariação de financiamento LIFE Paralelamente aos seus objetivos comerciais a DDL definiu e tem vindo a implementar uma estratégia própria de responsabilidade social e ambiental, que se encontra consubstanciada e reconhecida na sua participação na Plataforma Europeia Business & Biodiversity. O projeto das Courelas da Guadalupe e Carrascosa é, desde 2017, um ponto fulcral da implementação dessa estratégia, através de um conjunto de trabalhos de co-gestão e restauro ecológico que, tendo-se iniciado com a aquisição da propriedade, se tornaram ainda mais relevantes e prioritários após a mesma ter sido alvo de fogo posto, em 2018.

Medidas de contingência

Uso obrigatório de máscara
Distancia física obrigatória
Evento ao ar livre
Indicações adicionais Estão em vigor as normas de contingência da DGS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

X
X
X