Festival Umundu Lx 2021 foi lançado ontem em Lisboa

O Festival Umundu Lx 2021 teve o ponta-pé de saída ontem durante evento de lançamento no Auditório Orlando Ribeiro. A segunda edição do Festival foi apresentada por cinco membros da equipa de organização.

Patrick Ribeiro, idealizador e membro da equipa Umundu contou a história do festival ao relembrar, através de fotografias, o início do projeto em Dresden, na Alemanha, em 2009, e ao apontar os principais fundamentos do Umundu. “O festival é uma iniciativa de base”, porque agrega pessoas diversas formando uma família. Assim, o festival conecta os indivíduos em um modelo intergeracional e interdisciplinar.

Patrick conta que a iniciativa surgiu da necessidade de reflexão ralativamente ao sistema económico em vigor que incentiva o consumismo, bem como de se criar uma plataforma que incorpora projetos ligados à temática da sustentabilidade e para dar visibilidade a estes projetos. “Através do Umundu conseguimos mudar vidas”, disse Patrick.

Já Hans Eickhoff, membro da organização do Umundu Lx, contou sua história no festival, desde quando recebeu o primeiro e-mail convite, até integrar o projeto, em 2019, quando surgiu a primeira ideia de trazer o Umundu para Lisboa. “A nossa ideia é criar sinergias e levar a transformação sustentável para o debate público”, justificou Hans sobre o propósito do festival.

Maria Cordeiro, membro da organização do Umundu Lx e integrante da equipa de programação, apresentou a segunda edição do festival e explicou a importância da criação de temas de foco neste ano. “São os temas que têm importância para a transformação sustentável. Gostávamos de incluir toda gente que possa participar. Todos unidos por uma causa maior”, salientou Maria.

O Umundu é uma iniciativa de extrema importância em virtude das alterações climáticas e dos seus efeitos para as populações, ou seja, a elevação das temperaturas médias globais, provocando o derretimento das calotas polares; e os fenómenos da natureza, como furacões, tempestades e tsunamis são cada vez mais frequentes. “Jovens de menos de 25 anos já começam a sentir ansiedade por causa das mudanças climáticas e da apatia dos governos. A esperança é uma estratégia de sobreviência”, ressaltou Belén Carmona, membro da equipa de organização do Umundu Lx.

O evento de lançamento foi finalizado com uma mensagem de esperança: “Podemos fazer mais e deixar o legado para o futuro. Assim, conseguiremos deixar a semente”, concluiu Tatiana Fernandes, membro da equipa de organização do Umundu Lx.

De hoje ( 01/10) até a próxima terça-feira (05/10) haverá diversos eventos. Participa!

Inscreve-se em www.umundu.pt/programa

Galeria

Seguem-se algumas impressões fotográficas do evento.

Vídeo do evento

Reveja o vídeo completo do evento no Youtube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.